Quarta-feira, 10 de Fevereiro de 2010

A história passa-se em meados do século XXI, num complexo aparentemente paradisíaco, embora fechado. Como todos os habitantes deste ambiente cuidadosamente controlado, Lincoln Six-Echo (Ewan McGregor) espera ser escolhido para ir para "A Ilha" - alegadamente o último local não contaminado do planeta - até fazer a terrível descoberta que tudo na sua existência é mentira... e que, na verdade, vale mais morto do que vivo...



publicado por danielapedrix às 18:49
Terça-feira, 01 de Dezembro de 2009

A pena de morte, também chamada de pena capital, é uma sentença aplicada pelo poder judiciário que consiste na execução de um indivíduo condenado pelo Estado. Os criminosos condenados à pena de morte geralmente praticaram assassínio premeditado. Mas, a pena também é utilizada atualmente para reprimir espionagem, estupro, adultério e corrupção. Atualmente, a pena de morte foi abolida para todos os crimes em quase todos os países da Europa e da Oceania. Na América do Norte, foi abolida no Canadá e no México e em algumas áreas dos Estados Unidos da América. Na América do Sul, a Argentina ainda mantêm a pena de morte para alguns crimes, mas que estão completamente fora da realidade do cotidiano dos cidadãos, como por exemplo traição em tempos de guerra. Trinta e seis estados dos Estados Unidos, a Guatemala, a maior parte do Caribe, da Ásia e da África ainda retêm a pena de morte para crimes comuns. O caso de alguns países, como é o da Rússia, é bastante peculiar, pois ainda retêm a pena de morte na legalidade, mas já não executam mais ninguém há um longo período de tempo. A pena de morte é uma forma de punição muito controversa atualmente. Os que são a favor dela dizem que é eficaz na prevenção de futuros crimes e que é apropriada como punição para assassinatos, eliminando a ameaça que alguém que não respeite a vida oferece à sociedade. Os opositores dizem que não é aplicada de forma eficaz e que, como consequência, vários inocentes são executados anualmente. Também afirmam que é uma violação dos direitos humanos. Em 18 de dezembro de 2007, a Assembléia Geral das Organização das Nações Unidas aprovou, por 104 votos a favor, 54 contra e 29 abstenções, uma moratória da pena de morte. A proposta da moratória foi formulada pela Itália e endossada inicialmente pela União Européia. O documento é claro ao advertir países que aboliram a pena de morte a não reintroduzir a mesma. O fato ganhou as manchetes do mundo inteiro, mas foi pouco noticiado pela mídia brasileira



publicado por danielapedrix às 12:11


publicado por danielapedrix às 09:48
Terça-feira, 03 de Novembro de 2009

O novo vírus da Gripe A-H1N1, que apareceu recentemente, é um novo subtipo de vírus que afecta os seres humanos. Este novo subtipo contém genes das variantes humana, aviária e suína do vírus da Gripe e apresenta uma combinação nunca antes observada em todo o Mundo. Em contraste com o vírus típico da gripe suína, este novo vírus da Gripe A-H1N1 é transmissível entre os seres humanos.
O modo de transmissão do novo vírus da Gripe A-H1N1 é idêntico ao da Gripe Sazonal. O vírus transmite-se de pessoa para pessoa através de gotículas libertadas quando uma pessoa fala, tosse ou espirra. Os contactos mais próximos (a menos de 1 metro) com uma pessoa infectada podem representar, por isso, uma situação de risco. O contágio pode também verificar-se indirectamente quando há contacto com gotículas ou outras secreções do nariz e da garganta de uma pessoa infectada - por exemplo, através do contacto com maçanetas das portas, superfícies de utilização pública, etc. Os estudos demonstram que o vírus da gripe pode sobreviver durante várias horas nas superfícies e, por isso, é importante mantê-las limpas, utilizando os produtos domésticos habituais de limpeza e desinfecção.
 



publicado por danielapedrix às 20:18
Sexta-feira, 23 de Outubro de 2009

Para quê um texto de meio metro para explicar tudo sobre os dias de hoje se uma simples imagem diz tudo!

 

 

NÓS E OS OUTROS

 



publicado por danielapedrix às 11:06
Segunda-feira, 01 de Junho de 2009
Millvina Dean, a última sobrevivente do naufrágio do Titanic, morreu neste domingo aos 97 anos de idade. Millvina, que morreu em Hamspshire no sul de Inglaterra, era um bebé de apenas nove semanas de vida quando o famoso transatlântico afundou após embater num iceberg no oceano Atlântico, a 15 de Abril de 1912. A idosa, segundo a BBC, esteve entre os 706 sobreviventes de uma catástrofe marítima que custou a vida de 1.517 pessoas e tornou o Titanic numa lenda. A família Dean viajava no navio para começar uma nova vida e abrir uma loja de tabaco no Kansas (EUA). Georgetta, mãe de Millvina, e Bert, o irmão de 2 anos, também sobreviveram, mas o pai, Bertram, morreu. Após a catástrofe, a família Dean voltou a Southampton, porto do sul da Inglaterra de onde zarpou o Titanic e onde Millvina passou praticamente o resto da vida. A sobrevivente do naufrágio disse que nunca viu o filme "Titanic" (1997), de David Cameron, nem as várias reportagens já feitas sobre o navio, por as considerar "mórbidas".


publicado por danielapedrix às 15:28
Terça-feira, 07 de Abril de 2009


publicado por danielapedrix às 19:05
Quarta-feira, 01 de Abril de 2009

 

Protesto em Londres - 'Put People First'

Protesto reuniu cerca de 35 mil pessoas, segundo a polícia

Dezenas de milhares de pessoas participaram neste sábado de uma manifestação pedindo ações globais para o combate à pobreza, contra as mudanças climáticas e pela criação de empregos, em antecipação à reunião de cúpula do G20 que ocorre na capital britânica na próxima quinta-feira.

A aliança de 150 organizações responsáveis pela manifestação, batizada de "Put People First" (Coloquem as Pessoas em Primeiro Lugar, em tradução livre), pede que os líderes do G20 cheguem a um acordo para medidas visando "um novo tipo de justiça global".

Uma grande operação de segurança foi montada para evitar casos de violência durante a manifestação, que cruzou a região central da cidade, de Embankment, às margens do rio Tãmisa, até o Hyde Park.

Por volta das 15h, a polícia estimava o número total de manifestantes em 35 mil pessoas. Não havia registros de atos de violência nem de prisões

 

 

Chuva e frio

Os organizadores se disseram satisfeitos com o número de pessoas na manifestação, mesmo com uma previsão de tempo chuvoso e frio e do noticiário que advertia sobre possíveis confusões durante a passeata.

A manifestação contou com uma grande diversidade de pessoas, incluindo famílias com crianças em carrinhos de bebês, que fizeram o percurso de cerca de 6,4 quilômetros diante de cartazes com slogans como "Capitalistas - vocês são a crise" ou "Justiça para os pobres do mundo".


Segundo o repórter da BBC Mario Cacciottolo, os manifestantes demonstravam uma clara insatisfação, principalmente com a situação econômica, mas o ambiente não era de tensão.

O protesto deste sábado é o primeiro de uma série programada por organizações não-governamentais para marcar a semana da cúpula do G20, que se reúne para discutir soluções para a atual crise econômica global.

 



publicado por danielapedrix às 17:57
Aqui vao encontrar os trabalhos que realizei e que mais gostei. São trabalhos que lhe vão despertar a curiosidade de saber mais de algo. Projecto BlogsN-Escola EB23 de Nevogilde
mais sobre mim
Janeiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
27
28
29

30
31


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO