Quarta-feira, 25 de Fevereiro de 2009

 

 

UM NEGRO NA CASA BRANCA
 
 
 
Em 1964, negros e brancos não podiam dividir o mesmo bebedouro de água nem freqüentar as mesmas salas de aula nos EUA. Mas, em 2008, os americanos elegeram um negro, Barack Obama, para a Presidência. Como esse país pôde mudar tanto em apenas 4 décadas?
“Tchau , querida”, foi o que Emmet Till disse para Carolyn Bryant num supermercado na cidadezinha de Money, no Mississippi. Emmet era um menino negro de 14 anos, Carolyn uma mulher branca. Seis dias mais tarde, o corpo do garoto foi encontrado boiando num rio. Ele havia sido torturado e morto com um tiro na cara. O marido e o irmão de Carolyn foram vistos cometendo o crime, mas inocentados por um júri de homens brancos. Parece história de filme, mas em 1955 o sul dos EUA era assim: negros não deveriam dirigir a palavra a brancos e podiam ser linchados sem punição por causa disso. Ser racistas era um direito protegido por lei – e foi assim até 1964. Num país que permitia isso, como Barack Obama pôde ter sido eleito para a Presidência em 2008? Que tipo de mudança radical aconteceu nos EUA em apenas 4 décadas?


publicado por danielapedrix às 19:24
Aqui vao encontrar os trabalhos que realizei e que mais gostei. São trabalhos que lhe vão despertar a curiosidade de saber mais de algo. Projecto BlogsN-Escola EB23 de Nevogilde
mais sobre mim
Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20

22
23
24
26
28


Visitas: 21/10/2008
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO